quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Histórias e Formas Geométricas

Entre as histórias “O Ouriço com vergonha”, “o Elefante com o coração na Lua” ou “O Monstro das Cores” e entre jogos, classificações, conjuntos de raciocínio lógico matemático, a semana passou num instante, contando também que aproveitámos bem os espaços de exterior com as maravilhas da natureza da nossa Quinta.



“O importante é criar espaço e tempo para a literatura infantil, criar diferentes oportunidades incluindo histórias lidas em prosa ou verso, contadas sem apoio de livro ou dramatizadas no quotidiano da educação infantil, para as crianças se relacionarem, desenvolverem uma relação saudável com as suas vivências e consigo mesmas, escutarem os outros e se fazerem ouvir, além de adquirirem conhecimentos através da curiosidade e da linguagem, tanto quanto através da vontade de comunicar”. IN Cadernos de Educação de Infância nº96.




“As crianças realizam intuitivamente classificações, começam a ser capazes de organizar objetos e acontecimentos considerando um atributo e, posteriormente, vários atributos, de forma a estabelecer relações entre eles. Classificar implica saber distinguir o que é diferente do que é igual ou semelhante, isto é, ao classificar inclui-se um determinado elemento num conjunto, pela igualdade, e exclui-se, pela diferença. IN Orientações Curriculares para a Educação Pré Escolar.P.77

Já andamos nos preparativos para o Natal, mas essas atividades ainda são segredo e não podemos revelar.

 

Sem comentários:

Publicar um comentário